Entrar Cadastrar Recuperar senha Meus anúncios Anunciar no classificados

[LOGO] Guia Goioerê - Guia eletrônico de Goioerê e região

Ouça a WebRádio GG
Tweetar
Compartilhar
Imprimir matéria
A+ A-
Brasil | 30/12/2015 [08h58]

Governo regulamenta salário mínimo de 2016 no valor de R$ 880

Foi publicado no "Diário Oficial da União" desta quarta-feira, 30, o decreto nº 8.618, que regulamenta em R$ 880 o valor do salário mínimo que entrará em vigor em 1º de janeiro de 2016, assinado pela presidente Dilma Rousseff. O reajuste, com pagamento em fevereiro, representará o incremento de R$ 51,5 bilhões na renda dos trabalhadores, informou o Ministério do Trabalho na terça-feira, 29.

Atualmente, o salário mínimo é de R$ 788. O novo valor representa um reajuste de 11,6%. A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) é de 10,28% no acumulado de 2015 até novembro e de 10,97% no acumulado dos últimos 12 meses.

A previsão do mercado é de que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial, feche este ano em 10,72%.

De acordo com o decreto, o valor diário do salário mínimo corresponderá a R$ 29,33 e o valor por hora a R$ 4.

Em agosto, quando enviou a proposta de Orçamento de 2016 ao Congresso Nacional, o governo previa uma elevação do mínimo para R$ R$ 865,50. Quando o Congresso aprovou, no último dia 17, a previsão era R$ 870,99.

O valor foi alterado porque é atualizado com base nos parâmetros estabelecidos para sua correção – crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes e inflação do ano anterior medida pelo INPC, índice que reflete a alta de preços para famílias com renda entre um e cinco salários mínimos.
Em nota, o governo informou que o reajuste dá continuidade à política de valorização do mínimo, "com impacto direto sobre cerca de 40 milhões de trabalhadores e aposentados, que atualmente recebem o piso nacional".

De acordo com dados da proposta de orçamento federal do próprio governo, enviada pelo Executivo ao Congresso Nacional no fim de agosto deste ano pelo Ministério do Planejamento, a cada R$ 1 de aumento no salário mínimo, há o impacto líquido de R$ 328 milhões nas contas públicas.

Isso porque o salário mínimo corrige os benefícios previdenciários. Pela lei, os aposentados não podem receber menos do que um salário mínimo. Além disso, também há efeito no pagamento de sentenças judiciais, da Lei Orgânica de Assistência Social (Loas) e do programa de Renda Mensal Vitalícia (RMV), do seguro-desemprego e abono salarial.

Com a confirmação de que ele avançará para R$ 880 no próximo ano, o aumento será de R$ 92. Com isso, o impacto total do reajuste, para as contas do governo federal, será de R$ 30,2 bilhões no ano que vem. O valor foi confirmado pelo Ministério do Planejamento nesta terça-feira (29).

Além disso, o reajuste também terá impacto nas contas dos municípios. De acordo com levantamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM), a medida causa impacto de R$ 2,6 bilhões às prefeituras.

Em 2012, quando enviou a proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2013, o governo previa que o salário mínimo superasse a barreira dos R$ 800 já em 2015.

Mas o crescimento do PIB ficou abaixo do que o governo esperava na ocasião, o que resultou em uma alta menor do mínimo.

Em abril de 2013, na proposta da LDO do ano seguinte, o governo previa que o salário mínimo somaria R$ 849,78 em 2016. Em março do ano passado, na proposta da LDO de 2015, a estimativa do Executivo para o valor do mínimo de 2016 já havia recuado para R$ 839,24.

Fonte: Guia Goioerê/Globo.com

Galeria de fotos desta matéria

Comentários

Notícias relacionadas

  • MEC prorroga prazo de documentos do Fies devido à greve dos bancários

    Portaria do Ministério da Educação, publicada hoje (12) no Diário Oficial da União, prorroga os prazos de validade de documentos destinados à contratação de financiamento e ao aditamento de contrato do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). A decisão foi to...

  • Inflação oficial acumula taxa de 8,97% em 12 meses

    O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial, acumulou em agosto alta de preços de 8,97% em 12 meses. A taxa ficou acima do teto da meta de inflação do governo federal, que é de 6,5%. Em julho, o IPCA acumulava alta de 8,...

  • Com tornozeleira, japonês da Federal volta a escoltar presos da Lava Jato

    O policial federal Newton Ishii, conhecido como japonês da Federal, voltou a fazer atividades externas da Polícia Federal (PF). Condenado a 4 anos e 2 meses por facilitar a entrada de contrabando no país e monitorado por uma tornozeleira eletrônica, o japonês ...

  • Exames da EJA Online estão com inscrições abertas

    Estão abertas até 14 de setembro as inscrições para os Exames da Educação de Jovens e Adultos (EJA) Online. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas em qualquer estabelecimento de ensino credenciado da rede estadual. A EJA Online é uma oportunidade ...

  • Ministério das Cidades vai recorrer de suspensão da Lei do Farol Baixo

    O Ministério das Cidades vai entrar com pedido de suspensão da liminar que torna sem efeito a Lei do Farol Baixo (Lei 13.290).  A Advocacia-Geral da União foi notificada hoje (2) do teor da decisão, proferida pela Justiça Federal no Distrito Federal, que ...

  • Orçamento prevê salário mínimo de R$ 945,80 em 2017

    O salário-mínimo deve ser reajustado em 7,47% em 2017. Com esse aumento, ele passará de R$ 880,00 para R$ 945,80. Essa é a correção que consta no Projeto de Lei Orçamentária Anual do próximo ano.O documento ainda traz outros dados usados como parâmetros para o...

  • Achocolatado que matou criança estava envenenado; desfecho é inacreditável

    A morte de uma criança de dois anos logo após beber um achocolatado teve o seu desfecho na manhã desta quinta-feira (1) no Centro de Cuiabá, no Mato Grosso. Segundo a Polícia Civil, o produto que o menino consumiu estava envenenado. Adones José Negri, de 61 an...

  • Estudante de 22 anos é morta pelo marido e corpo encontrado cinco dias depois no MS

    A estudante Luana Grecco, de 22 anos, foi morta há pelo menos cinco dias e encontrada ontem (31), à noite por amigas, na casa onde vivia com o marido Gelvio Nascimento Rosseto, de 26 anos, no bairro Santa Luzia, em Campo Grande no MS. A suspeita da polícia é q...

  • Brasileira que seria parente de Jorge Rafaat é morta a tiros

    A brasileira Josiane Vanessa Zilio (32), foi morta a tiros nesta quarta-feira (31), na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero. Ela estava em casa, quando um homens teriam invadido o local. A vítima foi atingida no rosto e cabeça por vários disparos de uma pi...

  • Multas de trânsito passam por reajuste e ficam até 65% mais caras

    A partir do dia 1º de novembro, passa a vigorar a Lei Federal 13.281, de maio desse ano, que estabelece reajustes de até 65% para as multas de trânsito. A infração gravíssima, que é de R$ 191,54, passará a ser de R$ 293,47, o valor punitivo mais salgado do Cód...

Institucional

  • Principal
  • Vídeos
  • Artistas
  • Agenda
  • Galeria de fotos
  • Guia comercial
  • Contato
  • Colunistas
  • Política de Privacidade
  • Sobre Goioerê

Notícias

  • Edições anteriores
  • Brasil
  • Esportes
  • Eventos
  • Goioerê
  • Mundo
  • Paraná
  • Política
  • Região
  • Segurança

Classificados

  • Diversos
  • Eletrônicos
  • Informática
  • Rural
  • Serviços
  • Veículos
  • Imóveis
Guia Goioerê
www.guiagoioere.com.br
email: [email protected]
(44) 3522-7297 - (44) 9979-8991
(44) 9979-3334 - Goioerê-PR



É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Guia Goioerê.
[LOGO] Guia Goioerê - Guia eletrônico de Goioerê e região
® Todos direitos reservados - Guia Goioere | 2008-2016
0%